« links for 2008-07-07 | Main | 2008-07-14: Festa da Escola Edison »

09-07-2008

Un aniversário bem anárquico, por Nicolas Rouquette


Não consegui dormir a três horas da manha hoje, o dia de o aniversário de 56 anos de mi Tinazinha gostozinha; Infelizmente, a grande Madame no besteirol esta indisponível para resolver para a gente nesse anacronismo bem anárquico do aniversário dela.

Que aconteceu?

E o seguinte:

Ella nasceu em Nova York no 9 de Julio 1952; ficarava 56 anos hoje; morou 28 anos da terra Carioca e 28 onde Ella se apaixonei com Botafogo; morou 28 anos da terra da Hollywood; Ella ficava sempre Botafoguense.

No verão do 1991, já 6 meses grávida com nosso filho, entendeu que sua mai, Zefa, não pudera viver sozinha na rua da Laranjeiras. Então, decidimos de mandar um bilhete de vol a Zefa para que ella ajuda a gente depois de o nascimento de Gabriel. Acho que Tina não consegui resolver a realização que sua mai não estava na nossa casa para repetir palavras como: “Paris e Rio som a cidades as mas bonita do mundo!” Ficava com muito saudade de Zefa, tal vez, bastante mais que ella consegui dizer.

Segunda feira, no 7 de Julio, Tina e eu estava na casa trabalhando: “A gente que faz computação na mesa de jantar e gente que faz uma família unida”. Gostava trabalhar perto dela: ficávamos una “Odd couple” de besteirol bem anárquico como o “Diretor” que manda ajuda no “porteiro” do programa na TV Boba onde o trabalho dele e verificar “cara/crachá, cara/crachá...” e faz um double-entendre na ajuda como “uma bichana Diretor!” Nessa vez, Tina me mandou falhar no telefone na outra sala na casa. Depois me mandou: “I need help” e caiou.

Que aconteceu? Ela morreu 2 dias ante no aniversario dela. “What’s a few days among friends? So we baked you a cake! For he’s a jolly good fellow, for he’s a jolly good fellow...” Ra-ta-ta-ta-ta... Ela gostava na vida muito quente.

Moreu quasi 23 anos quentes com Ella – give or take a few months.
“But it’s not my birthday for a few months!”
“What’s a few months among friends? So we baked you a cake...”
Que outra maniera a gente podiava pensar como Tina resolve nesses contrastes? Meia vida dela no Brasil, meia de mia vida com Ella. Não consegui dormir depois de compre der isso.

Já tem com muito saudade de o único amante da minha vida. Agora entende melhor que a vida da Tina estava anárquica em muito aspetos. Si você tem uma historia que você pode escrever, me gostaria muito ler disso. Por favor, em memória dela, da uma consideração para escrever qualquer memórias gostosa da Tina como um “guest” nesse blogo.


Sphere: Related Content

TrackBack

TrackBack URL for this entry:
http://www.typepad.com/services/trackback/6a00d8341caa9f53ef00e553ac2b458834

Listed below are links to weblogs that reference Un aniversário bem anárquico:

Comments

Olga Maria Oiticica Harris

Caro Nicolas
sua cunhada do terceiro mundo nunca escreveu comentário em post e nem sabe como escrever alguma coisa como "guest". mas espero estar fazendo a coisa certa. Muito lindo o q vc escreveu e sei do amor q vc dedicou à minha irmã e à minha mãe. Serei eternamente grata. De lembranças, a q me veio à cabeça foi do relato da minha irmã quando te conheceu (não se sabia que ficariam juntos para sempre). Um aspecto q a deixou bem animada foi a proximidade dos nossos aniversários em junho. Lembro também dela contar TODOS os detalhes do casamento (inclusive o bolo tipo francês). Uma das últimas lembranças foi dela supervisionando a Lara na mesa da copa. Nunca minha filha fez os exercícios com tanta atenção!!! Ela sabia q a tia Tina era fogo!! Obrigada tb pelo amor q vocês dedicaram à minha morena. Olga.

Lizzie Bravo

conheci a tina na adolescência, através dos beatles, tipo mais de 40 anos atras e vivemos muitos momentos marcantes juntas. além das muitas sessões de help e a hard day's night, nossa amizade seguiu pela vida afora. ela passou a noite em que minha única filha nasceu no hospital comigo, e eu batizei seu único filho em los angeles muitos anos depois. passamos meu aniversário de 50 anos juntas em nova york, com sua mãe zefa: fomos pro central park e desabou a maior chuva. pra quem fala pelos cotovelos como eu, tô meio sem palavras. tina era brilhante, tinha uma memória absurda, lembrava de cada coisa lá do fundo do baú e era muito engraçada. isso fora o fato de cada hora se desentender com um de nós, os amigos da antiga, e depois ficar tudo bem de novo. tem sido difícil vê-la passar por tantos problemas de saúde nos últimos 9 anos sem poder fazer nada. mesmo sabendo da sua fragilidade física, foi um choque receber a notícia. vou sentir tua falta, amiga! nicolas, gabi, olga e lara: continuo com vocês, pra sempre. "life is what happens to you when you're busy making other plans". i love you, tina! happy birthday in heaven!

Lizzie Bravo

p.s. gostei muito do que você escreveu, nicolas. a tina teria adorado.

André Dahmer

Olá, Nicolas

Soube ontem de noite do falecimento de sua esposa Tina. Desejo para você e seu filho paz para superar a dor.

Sincero abraço, Dahmer

Beto

Nicolas,
Acabamos de nos falar por skype. Depois que desligamos, chorei por alguns minutos.

Como eu disse para você, para mim bate aos poucos, não imediatamente, é como quando você estava me contando eu ainda nao estivesse acreditando no que eu ouvia. Só depois é que vem o baque. E é muito triste.

Tina era uma pessoa sensível, alegre, honesta, sincera, uma grande amiga... Vou sentir uma enorme falta dela.

Abraços,
Beto

Marcia Leite Arieira

Acordei hoje pensando que é aniversário da Tina e vamos ligar para ela à noite... Aí, a notícia...Há duas semanas ela havia ligado, deixado mensagem de voice mail de pêsames pela morte de uma amiga minha... Que ironia... quantas peças a vida nos prega?
Tina era assim. Ligava nas horas menos esperadas e engatava uma terceira no assunto que lhe interessava no momento... e, em menos de dois minutos, aquele assunto passava a me interessar também... A Tina era solidária, amiga... e preocupada com a mãe, o Gabi, o Nicolas... seu Universo Anárquico era na verdade, na vida rea, um mundo bem organizado e focalizado - a casa, as flores, a mãe, o Gabi, o Nicolas e os amigos... Seu Universo Anárquico online era brilhante,sua paixão pelo Botafogo - meu time também - ímpar, seu jeito de contar histórias era único, seus comentários e opiniões - sobre política americana ou brasileira, cinema, teatro, tv, cultura, sociedade, música, livros, vida urbana ou rural... you name it, she had an opinion, a strong opinion....
Tina vai nos fazer falta, muita falta...

Marcilio Jorgensen Cassella

Olá Nicolas,

É uma perda muito grande para todos nós, principalemte para você e Gabi. Até agora não acredito que isso aconteceu... Minha "Tia" Cristina não pode ter partido... E os jogos no Maracanã ? Quantas vezes fomos ver meu Mengão e o Fogão dela... Lembro até hoje que quando partiu para os EUA, fomos ao último jogo dela no Maracanã, onde ao fim do jogo eu via ela chorar copiosamente de saudades do Rio, de seus amigos, de seu Fogão, etc.. Os jantares na casa de minha mãe onde ela dominava, com toda presença que sempre lhe foi peculiar, as conversas e nossas atenções.

O mundo sem minha Tia será um lugar pior...

Que ela descanse em paz e você e Gabi também tenham serenidade pra superar essa perda.

Do seu sobrinho para o Tio Nicolas e o primo Gabi.

Marcilinho

Rudy Bauss

Dear Nicolas,

I have been in shock all day! I phoned to wish Tina a happy birthday and you told me the sorrowful news. Santa Monica will never be the same for me!

But what great times: she was my student at IBEU and several times I mentioned during the course that the best place to live in the USA was Santa Monica, CA.
How many times she thanked me for this advice!!!!!!She was the best student!

One Sunday she insisted I go with a group and we climbed to the top of Tijuca Peak!! WOW. The best view of Rio and a day I will always remember!!!

She knew I was a bit down in the late 1990s and "out of the blue" sent me a round trip ticket from Austin to L.A. for "Spring Break". And what a great break she gave me!!!!

I knew her from Rio in 1968/69 and met her via her dad, Harry, a ham radio fanatic who lived to reach every place on earth via radio and have a card to prove it! I picked up a card for him in Portugal for an African nation he did not have but had spoken. Zefa I met in the library at Itamarati and we both were shocked when I showed up at her door looking for Harry. Naturally, that was the first time I met Tina.

I knew Tina for 40 wonderful years!!!!! I wish it had been 70!!

Nicolas and Gabriel Francis: my prayers and candles will be with and for you!
The very best in these horrible times,
Rudy Bauss/July 9, 2008/8:39 pm CST

Rudy Bauss

Dear Nicolas,

I have been in shock all day! I phoned to wish Tina a happy birthday and you told me the sorrowful news. Santa Monica will never be the same for me!

But what great times: she was my student at IBEU and several times I mentioned during the course that the best place to live in the USA was Santa Monica, CA.
How many times she thanked me for this advice!!!!!!She was the best student!

One Sunday she insisted I go with a group and we climbed to the top of Tijuca Peak!! WOW. The best view of Rio and a day I will always remember!!!

She knew I was a bit down in the late 1990s and "out of the blue" sent me a round trip ticket from Austin to L.A. for "Spring Break". And what a great break she gave me!!!!

I knew her from Rio in 1968/69 and met her via her dad, Harry, a ham radio fanatic who lived to reach every place on earth via radio and have a card to prove it! I picked up a card for him in Portugal for an African nation he did not have but had spoken. Zefa I met in the library at Itamarati and we both were shocked when I showed up at her door looking for Harry. Naturally, that was the first time I met Tina.

I knew Tina for 40 wonderful years!!!!! I wish it had been 70!!

Nicolas and Gabriel Francis: my prayers and candles will be with and for you!
The very best in these horrible times,
Rudy Bauss/July 9, 2008/8:39 pm CST

Luciana

Nicolas, por favor, acabo de ler... Mas diga que é mentira esse post. Não é possível isso. :(

Doni

Eu sinto muito pelo acontecido. Ela deixou comentário em meu blog recentemente falando que seria aniversário dela hoje, e estava achando estranho o fato de ela não ter comentado meus posts da semana (comentava todo dia). Ainda estou sem saber o que fazer ou dizer, podem me passar mais informações sobre o acontecido?

Flávia Nogueira

Oi Nicolas!
Vc nem me conhece, mas sua esposa é e continuará sendo uma pessoa muito especial para mim.
A gente se divertia muito nesse mundo virtual, que me possibilitou "conhecê-la". Nós riamos e xingávamos horrores, porque afinal de contas, eramos amigas "internéticas", tudo a partir de um amigo secreto on line. Esse mundo é bom, nos faz deparar assim, do nada, com pessoa tão querida, tão especial mesmo.
Entrei hoje aqui para mandar os parabéns para a Tina...

Bom, para vc e o lindo Gabi, muita paz nesse momento.

Nicolas Rouquette

Luciana,

Infelizmente, isso e a verdade. Tina se morreu no 7 de Julho, 2008, 2 dias ante no anniversario dela. 56/2 = 28; os anos na vida dela em Brazil e em Los Angeles e Santa Monica; 44 / 2 = 22; os anos na minha vida em Francia antes de conhecer Tina e depois de encontrar ela e me apaxionar com ela.

Alexandre Inagaki

Caro Nicolas, meus pêsames, sinto muito pelo ocorrido. Que a Tina descanse em paz. Um abraço para você e para toda a sua família.

William

Eu ví o Universo nascer. Foi uma sopa de astros, cometas e colisões de outros universos. O universo Bubbles colidindo com o universo Mrs. Harrisson. Entre ensaios e festas com chocalhos e poemas de Dylan, pequenos astros e estrelas se reuniam, garotos apenas, na época da inocência. Eram Tina, Beth, Leilane, outras meninas que já não recordo. Renato, Cesar, Ricardo, eu. E os chocalhos e pandeiros e as canções. Eram os ensaios na casa do Renato. Berê e sua alegria.Todas as meninas eram Beatles, MS. Margareth era Mrs. Harrisson (seria mais apropriado ser Mrs. Martin, já que era a maestrina da sinfonia dos chocalhos e pandeiros. Era tudo tão jovem e bonito. Aí nasceu o Universo Anárquico. Evolveu, se transformou na contínua colisão e absorção de outros universos no caminho ao presente. O pequeno apartamento em que eu vivia foi palco de várias destas simbióses. Lá iam Ruy e sua namorada que não me vem o nome agora, me perdoa. Paulinho, Hélio,Jean,tantos outros. As idéias trocadas, os papos rolados até altas horas. Então eu ia partir, última vizita foi na casa da Beth e Zé, ela tinha tido uma criança e Tina tinha ido morar lá. E o Universo evolvia. Árduo foi seu caminho.
Me afastei por muito tempo e nos reencontramos em New York. O Universo já tomava nova galáxia. Ela o expandiu para a costa oeste, encontrou seu sol mais brilhante e companheiro ate sempre. O Nicolas foi o Sol mais brilhante na sua constelação. Gabi é o Universo novo que se expande com a força do amor que sua mãe lhe deu.
Estive meio afastado, turbulências no meu próprio universo vem me mantendo ocupado. Sempre nos falávamos, trocávamos emails. Sempre fomos amizade silenciosa.Mas sempre estivemos presentes, mesmo na ausência.
Na segunda feira um amigo me mandou um email perguntando se eu sabia o nome que se dá dá às pessoas que fazem aniversário no mesmo dia/mes. Eu logo pensei, a Tina sabe! E ia enviar um email justamente quando recebí a notícia pela Beth. Era 5:30 Am de ontem e fiquei com o coração apertado e uma mistura de sentimentos. Estava acordado cedo assim pois minha filha caçula estava chegando de viagem mas a notícia que tinha acabado de receber também tocou seu coração. Ela tinha conhecido a Tina quando pequena ainda. Ela sabia o tamanho da minha amizade por ela. E foi conversando com ela que comecei a falar do começo do Universo.
Falei com Tina não faz muito tempo. Minha mãe tinha falecido. Zefa faleceu por volta de um mes após eu ter perdido minha mãe. Conversamos muito pouco a respeito. Falamos de outras coisas. Era assim no Universo. As estrelas eram absorvidas, se tornavam parte da energia.
Ela bem que me pedia pra participar do Blog. Nunca fui muito chegado a blogs, mas aquí e alí, eu dava uma olhadinha silenciosa no que ela estava fazendo. Os conflitos do meu próprio universo não me davam chance também. Sinto não ter me dado chance, pois nunca participei. Ela me perdoa.
Sinto sua partida. Ela brilha no centro do Universo, sobre todos nós.
Tina, todos nós te amamos.

Gabriela

Sinto muito pelo ocorrido. Difícil acreditar que a Tina, com toda a sua vivacidade, já não esteja mais entre nós :( Fico sem palavras.
Espero que você e Gabriel estejam bem, e consigam superar essa grande perda.

Nick

Sinto muito por esta notícia. A Tina era uma pessoa gentil e vai fazer muita falta.
Nicolas, desejo muita força para a família.

j. noronha

Hi Nicolas, I know you're French and your Portuguese is not that good, so excuse me for writing in English .

I talked to Tina on the phone a few times and is a person I knew a bit more than others on the blogosphere.

I just got to know what happened and it's a shock, She was so full of life.

My condolences to you and your family.

Nelson Moraes

Nicolas, receba um abraço. A Tina fará uma falta imensa. Força aí.

Thiago Leite

Estou pasmo.

Caro Nicolas, nós nunca conversamos, e eu nunca encontrei Tina pesoalmente. Mas há algum tempo nos tornamos “colegas de internet”.

Eu a conheci através do blog dela, que na época era em outro servidor, acho (ao menos, lembro que o layout era diferente, azul). Nós trocamos alguns e-mails em inglês, ela me ajudava a corrigir meus erros no idioma. Perdemos contato.

Há alguns meses, tive o prazer de ter meu blog visitado por ela com freqüência. Era uma das convidadas de honra do Teia Neuronial. E eu mal conseguia comentar no Universo Anárquico® com freqüência (como é que ela consegue postar diariamente?!). Seria a primeira vez que eu a felicitaria pelo aniversário.

Enfim, foi pouco, mas foi muito.

Abraço, Nicolas, abraço para o seu filho Gabriel. Que Tina esteja bem, seja onde estiver.

Marcelo Sá Corrêa

Tina era minha amiga desde 1970, quando foi minha aluna no Curso Vetor e, desde então, construímos uma fraterna relação.
Dentre suas inúmeras qualidades - inteligência, sensibilidade, humor, caráter, etc - a que mais me encantava era a capacidade de fazer amigos pra sempre. Mesmo que, em alguns momentos de intolerância, ela rompesse, era apenas para retomar mais forte logo depois.
Assim, foram 38 anos da mais legítima amizade. A maioria com ela já morando tão longe de mim, distância que ela encurtava com seus telefonemas freqüentes e longos ou com suas raras visitas .
Estou atordoado há dois dias, desde que a Olga avisou-me do acontecido.
Resta-nos o consolo de uma partida rápida. Suas complicações de saúde, graves e crescentes me faziam temer algo pior.
Abraços solidários em vocês, Nicolas e Gabriel.
Para você, Tina, minha dor, minha saudade e a certeza de que, onde está agora, já fez um monte de amigos. Todos pra sempre.
Marcelo Sá Corrêa

zuleica

Tina,

É esquisito pensar que o mundo continua e você não está nele. Parece que alguma coisa está fora do lugar. Lembranças de você eu tenho inúmeras e não quero rememorar uma apenas. Você sabe o quanto nos queríamos bem.

Nicolas espero que você supere a perda da Tina e guarde dela lembranças boas.

Gabi você sabe o quanto te amamos. A casa de sua tia estará sempre aqui para você vir quando quiser. E venha mesmo, não se esqueça de nós...

Zuleica

Luciana

Marcelo Sá Correia! Foi pra vc que a Tina dedicou o podcast que gravou comigo no sábado passado!

***

Nicolas, Gabriel,

Doni e eu escrevemos em nossos blogs a respeito da Tina. Quando tiverem tempo, leiam.
Tenham a certeza que escrevi com todo carinho pra ela, sobre ela.

Um beijo.

Marcia

Nicolas, Gabi,

Tenho visitado o blog todo dia. Talvez uma maneira de absorver a notícia. Sempre fico emocionada quando leio os comentários. Que bela homenagem à Tina. Certamente ela estará feliz de ver todos os amigos se unindo a você e ao Gabi em seu Universo para lembrar a pessoa maravilhosa que ela foi.

Ed

Caro Nícolas,

Conheci Tina há uns dois anos através deste blog, e nos tornamos amigos - dentro dos limites impostos pela distância e pela internet. Falamos ao telefone umas poucas vezes, e trocamos muitos e-mails. Eu a admirava verdadeiramente, e respeitava a sua experiência de vida, o seu conhecimento e, especialmente, a sua força de vontade ante o seu delicado estado saúde. Ela estará conosco, e estará melhor lá de onde nos olha agora. Grande abraço. Meus sentimentos.

The comments to this entry are closed.

Google

Twitter Updates

    follow me on Twitter

    Amigos do Universo Anárquico℠

    Foto Flickr

    • Pedra do Arpoador,Ipanema, Rio de Janeiro
      www.flickr.com
      This is a Flickr badge showing photos in a set called Pedra do Arpoador,Ipanema, Rio de Janeiro. Make your own badge here.

    Last.FM

    Universo Anárquico℠ Blog Roll